quarta-feira

II. Vivo com um turbilhão de sentimentos dentro de mim e nestes últimos dias tem sido uma corrida contra o tempo. A tua ausência toma posse dos meus sentidos deixando-me sem conseguir controlá-los. Os meus desejos continuam intensos e ainda a tua doce voz sussurra-me ao ouvido, na memória permanece os momentos tão vivos e reais, a palma da tua mão confortando o meu rosto e o teu aroma espalhado em mim. Enquanto as lágrimas se fazem cobrir meu rosto todo este sentimento vive, mais puro e ainda mais forte. Guardo a minha parte, mas a tua também cá está fazendo parte da minha rotina, como tu pediste. Mas quanto mais? Quanto mais tenho de esperar, de esperar pelo dia que acordes e te lembres de tudo que me estas a fazer passar? Ainda mais te lembres da nossa cumplicidade invejável, da minha timidez perante os teus olhos e então, todos dias serão nossos, em que não precisarei de fechar os olhos para te ver, não necessitarei de te abraçar em pensamento para sentir cada declive do teu corpo, nem adormecer para acalmar a dor da tua ausência.


“Eu só queria mais um dia para viver essa paixão, mais um dia de magia, de ternura e emoção.”

4 comentários:

Catarina Bessa disse...

ADOREI

Vanessa disse...

Lindo, adorei *

P' disse...

Se queres e continuas a querer não desistas .

Está lindo.

Vanessa disse...

Ohh *-* obrigada Cátia *