sábado

Eu tinha medo e ele não foi em vão…
Agora estou com uma sensação de nada. Se ontem o meu pensamento estava em grande agitação, hoje, perdeu-se. E entre a perda e a conquista está um vazio cheio daquilo que ainda nem sei. Quer dizer, sei. Sei que te sinto através daquilo que não sei, daquilo que te reconheço e não conheço, daquilo que te quero e te confesso. Sinto-me a sentir-te, e perco as palavras. Olho-te e deixo de ver, fico sem luz. Suspiro-te e perco os meus sentidos. Consumo-te, respiro-te, e vivo-te. Ontem, porque hoje eu apenas preciso-te. Guardo-te em cada espaço que te sinto. Sonho-te e voo contigo de mãos dadas num compasso acertado. Sinto-te e eternizo-me em ti, em tudo e em nada. E neste tudo e nada que não sei e que te sinto, perco-me em ti e ainda te perco a ti.

Teu anjo agora perdido,
(encontra-me, por favor)

9 comentários:

Kauana da Costa Rosa disse...

ooi! passando aqui para avisar que mudei o meu cantinho =)
passa la depois e me diz o que achou =)
beeijos
http://blogdakaukau.blogspot.com/

***Verinha*** disse...

Natal é natal querida eheheh

Adoro os teus textos =D escreves lindamente mesmo :)

Vanessa disse...

Adoreii *

Marta Soqueiro disse...

que texto lindo amor. Sei perfeitamente o que sentes e como o sentes.
(L)

Daniela Ramos disse...

Invadiste-me com as tuas palavras :) gostei tanto *

Anónimo disse...

ola podes me dizer o nome da tua musica do blog? sff

Thais Alves disse...

Lindas palavras, realmente amei.

Cynthia Brito disse...

Lindo **

Tânia Monteiro. disse...

Adorei *.*