terça-feira

Meu amor,
como eu continuo a gostar de te chamar de meu amor, mesmo se o dizes a outro alguém eu não consigo mudar isso e dói, não vês que isso dói? Muitas vezes te disse que eras das pessoas mais importantes da minha vida, o que nunca te disse é que eras a única a quem eu dava a vida, por quem eu percorria mundos, subia montanhas, desmontava histórias para as voltar a construir da forma que te fizesse feliz. Não sei o que fizeste de 'nós' nem o que continuas a fazer. Mas numa coisa para ti é fácil desejar e ter porque tu não carregas os sentimentos contigo, tu pegas neles e guardas-los na gaveta dum armário só teu e depois fazes dele longínquo de ti, o mais que poderes e conseguires. Eu não, eu carrego-os todos dias comigo, uns dias mais pesados que outros e outros que me denunciam. Eu sei que um dia vais-te lembrar de mim, vais-te lembrar do que me fizeste passar e verás que fui a única capaz de te dar este mundo e outro, a única que tu pudeste gabar que tiveste mas de maneira diferente, a única que um dia quiseste perder por tua estupidez. Mas se nesse dia eu já não estiver cá para ver não importa meu amor, porque eu só quero que um dia o percebas. Os meus braços pedem os teus, tantas vezes eu peço o conforto das tuas palavras e a alegria do teu sorriso. A verdade é que nada é a mesma coisa e se eu já perdi quase tudo aquilo que de mais importante eu tive na vida, então nem sei se alguma coisa vale realmente a pena. Quero que saibas que a minha parte do nosso amor continua na minha gavetinha do coração no lugar mais bonito e acolhedor que consegui arranjar a fazer parte de toda a minha rotina, quanto a tua parte que deixaste nas minhas mãos está guardada no meu baú de memórias no lugar também mais bonito e acolhedor que consegui arranjar e já  não quero, não, nem tenho forças, para o visitar silêncio - Eu prometi-te que guardava, meu amor, mas não quero que voltes.

Adeus, meu amor.

7 comentários:

Daniela disse...

O teu texto é que está lindo *-*
Até me veio as lágrimas aos olhos *-*

Vanessa disse...

Obrigada, gostei *

RuteRita disse...

JURO que amei

Cátia Mourisca disse...

LINDO CÁTIA *.*
MESMO MUITO BONITO!
p.s: tudo vai voltar ao normal, pensa só que isso é 1 sonho.

Daniela Ramos disse...

Como eu entendo perfeitamente estas tuas palavras :) gostie *

Marta Soqueiro disse...

está perfeito este texto meu anjo :$
Beijinho (L)

DANIELASILVA disse...

escreves tãããão bem cátia!
adoro!