segunda-feira



Não! Eu não pedi nada. Mas, tu apareceste. Agora vejo-me a pedir que não vás... Não fosse eu exigir demais, de novo. Não te peço que fiques quando tens de ir embora, não te peço palavras quando hoje dás-me silêncio. Nenhum toque se esquece, mas a verdade é que a vida te levou de mim, por tua vontade. Não me consigo acreditar em todas as mentiras que os teus lábios soltaram ao vento, porque no fundo, eu provei desse veneno. Revoltaste-me. Agora vê só o que fizeste: larguei o teu cheiro, a tua voz, o sabor dos teus lábios que deixaste espalhados pelo meu quarto e o silêncio debaixo da minha almofada. Já larguei tudo. Mas nunca mais te consegui largar, talvez porque nunca havia percebido a tua partida. Nunca antes me teria cruzado com o ser como tu, tão único que vi tão meu. Tão com medo do verbo amar, que sente mais do que mostra! Fui transparente e isso não jogou a meu favor. Enquanto tu, és tu, mas para mim és metade. Metade verdade, metade desconhecido. Eu nunca te cheguei a dizer que não queria ser apenas uma brisa na tua vida, talvez me tornará numa leve e despida brisa e não poderei agora esperar pelas marés. Mas esperava o teu regresso na próxima onda. Sabes, os sonhos são para nos fazer feliz e tu conseguiste. E talvez os meus sonhos não sejam só feitos de vento e haja mais do que uma ponte destruída entre as nossas vidas. Talvez, eu ainda consiga deslizar na química dos sentidos e compor-me em noites inundadas que me levam mergulhar em leves sonos em que todo o enredo se resume ao teu brilho efémero.
... Tu afastaste-te, eu afastei-me. Foi assim. Tu desististe, eu respeitei. Completamos-nos, vês? Como sempre o fizemos, como sempre possuímos esse dom de completamente unidos. Desde o início, vi-mos isso em ambos e concordamos. Só não vou fazer uma cópia tua para não correr o risco de te perder duas vezes. Mas...


P.s: Quem és tu na verdade ?

5 comentários:

Vítor Pinto disse...

Bonitas palavras. Adoro o que escreves, já to tinha dito :)

Beijinhos*

Cátia Mourisca disse...

LINDO!

Pienezza disse...

Obrigada :) *

catherine disse...

adorei o texto princesa :')

ivone silva. disse...

lindo!!